LeftRight

Tag : construção

Pontes de Portugal

EngenhariaObras emblemáticas

  • Ponte de Dona Maria Pia 

A Ponte de D. Maria Pia, assim chamada em honra de Maria Pia de Sabóia, é uma obra de grande beleza arquitectónica, projectada pelo Eng.º Théophile Seyrig e construída, entre Janeiro de 1876 e 4 de Novembro de 1877, pela empresa de Gustave Eiffel. Foi a primeira ponte ferroviária a unir as duas margens do rio Douro.

No último quartel do século XX tornou-se evidente que a velha ponte já não respondia de forma satisfatória às necessidades. Dotada de uma só linha, obrigava à passagem de uma composição de cada vez, a uma velocidade que não podia ultrapassar os 20 km/h e com cargas limitadas.

Encontra-se desactivada desde que foi substituída pela moderna Ponte de São João. Ninguém tem dúvidas sobre a enorme riqueza deste património, mas tal não tem impedido que a Ponte de Dona Maria se vá degradando ano após ano, já que ainda não lhe foi atribuída uma utilização prática para o futuro.

Ver também: Pormenores de construção – Ponte D. Maria Pia

**

pontes de portugal,

Ponte Rion-Antirion, na Grécia

EngenhariaObras emblemáticas

 

A ponte de Rion – Antirion, na Grécia, é o produto de um projecto de construção de sete anos que resultará na ponte suspensa por cabos mais comprida do Mundo. Com uma plataforma suspensa de 2.252 m, a ponte de Rion-Antirion é caracterizada por quatro pilares, quando há geralmente dois.

Localizada na extremidade ocidental do golfo de Corinto, na Grécia, a ponte de Rion – Antirion ligará Peloponeso (no sul da Grécia) à península helénica. A ponte une também duas estradas principais: a intercepção da auto-estrada de Patras – Atenas – Tessalónia (que completa rede de auto-estradas europeia) e a linha central ocidental da estrada de Kalamata – Patras – Igoumenitsa.

 

Clique na imagem para ampliar

Os pilares da ponte são feitos de betão armado e erguem-se a 160m acima do nível do mar. Por causa da elevada actividade sísmica na área, a ponte de Rion – Antirion requer o reforço do leito do mar através de 200 tubulações de aço ocas (para cada pilar) cobertas com cascalho. Com uma plataforma de 27,2m de largura, contém duas faixas de tráfego, mais uma faixa de segurança e uma passagem pedeste em ambos os sentidos. Existirão ainda dois viadutos de aproximação, um com 392m no lado de Rion e o outro com 239 m no lado de Antirion.

 Pontes do Século XXI
 The Rion Antirrion Bridge

ponte rion antirion, ponte na grécia, ponte grecia, A PONTE DA GRECIA RESUMO,