LeftRight

Category : Urbanismo e Gestão Territorial

Simulador IMT – Imposto Municipal sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis

Negócios e DinheiroUrbanismo e Gestão Territorial

O Imposto Municipal sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis (IMT) é um imposto legal que é aplicado pela transmissão onerosa de um bem imóvel, no acto de compra do mesmo, vindo substituir o Imposto de Sisa.
Em regra, o Imposto Municipal sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis é pago antes da escritura e incide sobre o valor do contrato ou sobre o valor patrimonial tributário dos Imóveis, consoante o que for mais elevado.

simulador imt, calculo imt, simulação imt, simulador imt 2013, imt simulador, calcular imt, calculo imt simulador,

Simulador IMI – Calcule o Imposto Municipal sobre Imóveis

Negócios e DinheiroUrbanismo e Gestão Territorial

O IMI é um imposto municipal, cuja receita reverte a favor dos respectivos municípios, e incide sobre o valor patrimonial tributário dos prédios (rústicos, urbanos ou mistos) situados em Portugal, sendo «a determinação do valor patrimonial tributário dos prédios urbanos novos ou cuja avaliação seja agora pedida, destinados a habitação, comércio, indústria e serviços ou outros, efectuada por um perito avaliador, …»

 

 

 

Cálculo do IMI, versão 2012

 

 

 

 

[thkBC height=”600″ width=”700″ anchortext=”Calcule o Imposto Municipal sobre Imóveis com o simulador de IMI” title=”Simulador de IMI” url=”http://conteudos.lexpoint.pt/simuladores/MBCP/imi.php” type=”iframe”]

 

O valor patrimonial tributário dos prédios urbanos novos ou cuja avaliação seja efectuada ou pedida após a entrada em vigor das regras de avaliação do Código do IMI, resulta da seguinte expressão:

Vt = Vc x A x C a x C l x Cq x Cv

em que:

Vt = valor patrimonial tributário
Vc = valor base dos prédios edificados
A = área bruta de construção mais a área excedente à área de implantação
Ca = coeficiente de afectação
Cl = coeficiente de localização
Cq = coeficiente de qualidade e conforto
Cv = coeficiente de vetustez
O valor patrimonial tributário apurado é arredondado para a dezena de euros imediatamente superior.

Quer saber mais sobre o assunto? Visite as FAQ sobre o IMI do PORTAL DAS FINANÇAS.

[hr]

Para além do simulador anterior, existe ainda o SIGIMI, criado para consulta dos elementos de avaliação de prédios urbanos, previstos no Código do IMI e aprovados pelas Portarias n.º 982/2004, 1426/2004, 1022/2006 e 1119/2009:

      • Coeficientes de localização
      • Percentagens da área de implantação dos terrenos para construção
      • Coeficientes majorativos aplicáveis às moradias unifamiliares. Os coeficientes são fixados em função da afectação dos prédios urbanos.

Para efectuar a consulta, deverá proceder do seguinte modo:

      • Seleccione a localização no quadro “Pesquisa”, mencionando o distrito, concelho, freguesia e, sendo caso disso, do local onde se situa a zona que pretende consultar. Ou escreva o nome da rua, freguesia ou outra localização na linha de pesquisa.
      • Pode calcular o valor patrimonial tributário de prédios urbanos no ícone “Simular”. Em caso de dificuldade, poderá dirigir-se a qualquer Serviço de Finanças ou à DGCI através do endereço electrónico dsdsa@dgci.min-financas.pt.

calculo imi, calcular imi, como calcular o imi, simulador imi, calculo do imi, yhs-fullyhosted_003, simulador imi 2012,

Tsunami em Lisboa, quais as zonas de risco?

HidráulicaUrbanismo e Gestão Territorial

Sérgio Freire, investigador do Centro de Estudos de Geografia e Planeamento Regional (e-GEO), da Universidade Nova de Lisboa, é autor de um estudo que estima a população exposta ao risco de um tsunami se este atingisse a Área Metropolitana de Lisboa (AML).

«Se durante a noite Lisboa fosse atingida por um maremoto, 200 mil pessoas seriam atingidas. Durante o dia, esse número duplicaria», destaca o diário Público.

A susceptibilidade à inundação por tsunami da faixa costeira e das zonas ribeirinhas na AML é já conhecida mas, segundo o investigador, hoje em dia, um fenómeno desta tipologia seria muito mais devastador do que o maremoto de 1755, por exemplo.

Planear e construir «Cidades Amigas do Idoso» | O Guia

ArquitecturaUrbanismo e Gestão Territorial

O envelhecimento populacional e a urbanização são duas tendências mundiais – por isso – planear e organizar as cidades para que se tornem mais amigas do idoso, adaptando as suas estruturas e serviços para sejam mais acessíveis e promovam a inclusão de idosos com diferentes necessidades e graus de capacidade, deve ser uma preocupação e um objetivo generalizado.

InterSIG Portugal | Dados Geográficos do INAG

Qualidade e AmbienteUrbanismo e Gestão Territorial

O InterSIG é um gestor de informação geográfica cujo objectivo é centralizar e organizar todos os dados geográficos existentes no INAG, promovendo a sua disponibilização, tanto a nível interno como para o público em geral, segundo níveis de acesso e usando uma interface comum.

A informação disponibilizada neste sistema abrange ortofotomapas, modelos digitais do terreno, curvas de nível, pontos cotados, cartografia vector de base, entre outros tipos de informação.

Planos de Emergência

EdifíciosGlossários e TradutoresUrbanismo e Gestão Territorial

Um plano de emergência, é um documento que reúne as informações e estabelece os procedimentos que permitem organizar e empregar os recursos humanos e materiais disponíveis, em situação de emergência.

Os planos de emergência consoante a extensão territorial visada, são nacionais, regionais, distritais ou municipais e, consoante a sua finalidade, são gerais ou especiais. Os planos especiais poderão abranger áreas homogéneas de risco cuja extensão seja supra municipal ou supra distrital.

plano de emergencia para construção civil, planos de emergência, planta de emergencia dwg, plano de emergência construção civil, plano de emergencia na construção civil, plano de emergência legislação,